Todos os posts por

Carol Vayda

De tudo um pouco

Coletor Menstrual: conheça a liberdade!


Cerca de um ano atrás fui intimada por uma amiga à comprar um coletor menstrual e me ver livro do sofrimento do absorvente interno. Olha, me arrependo de não ter adquirido um antes.

Para quem não conhece, coletor menstrual é o nome dado para um copinho que você usa para, claro, coletar o sangue da sua menstruação. Ele normalmente é feito de silicone medicinal e pode ser reutilizado – dependendo da marca e da forma de utilização – por mais de 3 anos.

Jout Jout aprovou!

Jout Jout aprovou!

Continuar Lendo

Exposições, São Paulo

Exposição Portinari Popular, no MASP


Sabe aquele programa cultural que você não pode deixar de fazer, por bem, aqui está! O MASP – Museu de Arte de São Paulo, um dos principais cartões postais de São Paulo e, o museu com o maior acervo de obras europeias fora da Europa, decidiu abrir seu acervo e revelar grande obras de um dos maiores artistas brasileiros: Candido Portinari

Chamada de “Portinari Popular“, a exposição conta com cerca de 50 obras do artistas onde o tema central é o popular: trabalhadores rurais, lavadeiras, cangaceiros, jogos, negros, indígenas, entre outros personagens populares. Continuar Lendo

De tudo um pouco

VaydaMagra: Olimpíadas me motivam!


Não sei você, mas eu adoro as olimpíadas! Ver aquela gente toda determinada para alcançar um objetivo, se entregando de corpo e alma, estando sempre ao limite do corpo… Sério, é um banho de motivação!

Toda vez que acontece algum grande evento esportivo, com alguma modalidade que já pratiquei ou sempre gostei muito, fico me perguntando como teria sido se tivesse investido na vida de atleta. No colégio eu joguei futsal, volei; fora da escola eu nadei, fiz dança de salão (que está para se tornar esporte olímpico!! iupi!!), já andei de bike, patins, fiz karatê, capoeira e muay thai … será que teria sido uma atleta reconhecida?

Na verdade, minha dúvida é outra: será que seria magra?

Continuar Lendo

Livros

Bienal do Livro de São Paulo: Programe-se!


Eis que a 24º Bienal Internacional do Livro de São Paulo – para os mais chegados, apenas Bienal do Livro – já tem data para acontecer e já está cheia de atrações para os apaixonados pela leitura. E, este ano, para alegria geral da nação, estarei lá cobrindo tudinho!

O evento é palco para o encontro das principais editoras, livrarias e distribuidoras do país, cerca de 480 marcas apresentando seus mais importantes lançamentos para aproximadamente 700 mil visitantes em um espaço total de 60 mil m². Além disso é onde você vai pode encontrar alguns dos grandes nomes da literatura nacional e, claro, internacional. Continuar Lendo

De tudo um pouco

Os melhores memes da cerimômia de abertura das olimpíadas Rio 2016


A cerimônia de abertura das olimpíadas 2016 foi muito além do que todo mundo esperava. Com Débora Colker e Fernando Meirelles assinando a coreografia e direção do evento, a festa não poderia ter tido repercussão melhor. Entretanto, como nosso povo não deixa passar nada, eis que tenho o prazer de apresentar para vocês…

OS MELHORES MEMES DA CERIMÔNIA DE ABERTURA DAS OLIMPÍADAS RIO 2016!!! Continuar Lendo

De tudo um pouco

VaydaMagra: E aí, como vai a dieta?


“E aí, como vai a dieta?” foi o que eu mais ouvi esta semana e, ainda bem, pude responder “vai muito bem, obrigada!”

Como contei para vocês aqui, não tô mais afim de fazer a louca das dietas, me matar de praticar exercícios físicos e nem deixar de comer o que gosto e confraternizar com as pessoas que amo por conta de dieta. Entretanto, tive um desempenho muito nesta última semana.

A semana anterior foi mais puxada. Viajei com o namorado e aproveitei TO-DAS as delícias que pude e NÃO me arrependo!

Então, simbora resumir como foram meus últimos dias. Continuar Lendo

Livros

Resenha: Tá todo mundo mal, por Jout Jout


Com toda certeza você já deve ter visto o tanto de livro lançado por youtubers nos últimos tempos. Boa parte deles contando a história de vida de adolescentes que ficaram famosos por gravarem vídeos mostrando seus dilemas, casos engraçados ou, até mesmo, jogando video games. Bom, pode ser que você não queira ler nenhum destes livros mas, pode ser que um em especial possa te conquistar: “Tá todo mundo mal“, por Jout Jout.

 Julia Tolezado ficou famosa por seus vídeos absolutamente fora dos padrões maquiagem, culinária, moda. Ela é dona do canal “Jout Jout, Prazer” onde fala praticamente de tudo, mas também fala sobre feminismo, sobre relacionamentos (desde com o seu namorado, Caio, até seu relação com a humanidade) e, também, coloca em xeque muito de nossas crises cotidianas. Aliás, é sobre essas várias crises que Jout Jout fala em seu livro.

Continuar Lendo

De tudo um pouco

Inspiração: Imagens para quadros


Se você é daquelas que não vê a hora de mudar tudo na sua casa, o tempo todo, então aí vai uma dica super legal: que tal imprimir umas imagens legais e transforá-las em quadros?

Fiz uma seleção dos meus favoritos no Pinterest e resolvi compartilhar com vocês. Dá uma olhada cada belezinha para você dar uma cara nova para seu quarto, sala, cozinha ou onde você bem entender!

Continuar Lendo

De tudo um pouco

VaydaMagra: A hora da balança


Quando decidimos emagrecer, temos que ter em mente de que não será um caminho fácil e que teremos de bater de frente com muitas verdades que queremos ignorar, afinal trata-se de uma mudança de vida que só depende da gente. Para mim, o momento mais dolorido é quando se torna necessário transformar em números tudo aquilo que vemos no espelho: a hora da balança e da fita métrica.

Vai doer sim, vai ser muito difícil, sim, mas você vai ter que encarar este momento como um ponto inicial para a nova pessoa que você vai se tornar. Pior, vai ter que encarar e aceitar que aqueles números te definem neste momento – neste contexto, é claro.

Como já falei aqui, sou íntima deste processo de mudança, já cheguei a perder mais de 20 kg e isso só começou a acontecer quando entendi que precisava conhecer estes números para combatê-los. Algo como “tenha seu inimigo sempre por perto”, sabe? Pois bem, é hora de dar este passo e saber quem são seus inimigos. Vamos lá? Continuar Lendo

Crônicas

Crônica: Um dia antes de hoje


Domingo, 04 de Novembro de 2012. Dia que antecedeu aquele que poderia ser o pior dia da minha vida: meu aniversário. Mas como queria que fosse diferente, transformei-o em um agradável dia de mim para mim mesma!

Como é possível? Simples, dediquei a tarde para fazer coisas que há tempos dizia que ia fazer e não tinha coragem. Acordei cedo, abri mão de passar o dia com Daniel – meu colchão – coloquei uma roupa confortável e parti para a Beiramar Norte, a principal Avenida de Florianópolis e também um lindíssimo cartão postal.

O primeiro passo era alugar uma bicicleta. Feito! O segundo passo era andar de bicicleta. Então… andei. Ok, por diversos momentos tive que parar, mas estava lá: atlética e ensolarada!

Enquanto pedalava, conseguia me enxergar de um jeito diferente. Conseguia enxergar que minhas vitórias foram muito maiores do que minhas derrotas, mas elas doeram muito mais do que qualquer magoa que tive. Pude perceber que não era só o vento que batia no meu rosto, mas também a vida me fazendo acordar e me obrigando a perceber que o mundo não gira em torno dos meus desejos e vontades. Ele não gira em torno do meu umbigo!

Depois de um tempo, sentei de frente ao mar, próximo a um coqueiro sem sombra e fiquei observando as pessoas na rua. Elas passavam felizes, contentes e cheias de problemas. Mas estavam lá: felizes e contentes. Também consegui ver que o meu mundo não é mais importante, sofrido ou sequer maior do que o daqueles que me ignoravam no meio do caminho. Que não sou nada mais do que alguém que faz drama por tudo!

Percebi que era hora de parar, engolir o choro e crescer! Carreguei a bicicleta nas mãos, sentei em um bar abri uma cerveja e brindei o último dia de um dos anos mais incríveis que tive: o ano que me descobri mulher.

Me siga nas redes sociais:
INSTAGRAM | FACEBOOK | YOUTUBE |